Como Prender Iscas Viva ao Anzol

Aqui vamos ensinar como prender todos os tipos comuns de isca viva ao seu anzol de pesca! Estão incluídas algumas indicações sobre quando usar cada tipo, mas certifique-se de perguntar a um pescador experiente ou a funcionários de loja de iscas para ter um conhecimento local mais específico.

Na dúvida use minhocas ou tenébrio

Essa isca é largamente usada em muitos tipos de pescaria. Use vermes da terra ou vermes de esterco em água doce e sanguessugas ou verme da areia em água salgada. Os tenébrios e outras larvas vivas são geralmente usadas para trutas ou robalos.

  • Fure através de várias minhocas menores ou fure as minhocas pelo meio para ocultar o anzol em um monte de minhocas se contorcendo. Alguns anzóis vem com anzóis menores presos nas laterais para esse fim.
  • Para minhocas grandes, passe uma minhoca ao longo do anzol até que ele esteja em grande parte ou completamente oculto.
  • Para minhocas muito grandes, enfie o anzol através de vários pontos do corpo dela. Deixe um pedaço na ponta para se debater e atrair o peixe.

 

Use lambaris como isca geral de pesca ou outra variedade específica.

Muitos peixes se alimentam de lambaris, mas certifique de que você pegou o tamanho apropriado para que seu peixe alvo coma. Pergunte, também, na loja de iscas qual tipo de peixes da região o seu peixe alvo come.

  • Se estiver arrastando a isca atrás de você em um barco em movimento (corrico), enfie o anzol no peixe por baixo do maxilar e saia pela parte de cima ou, para peixes de isca realmente grandes, passe apenas pela mandíbula de cima. Outra opção, você pode enfiar o anzol através de ambas as narinas. Qualquer desses métodos de enfiar o anzol melhorará a capacidade de a isca nadar em um movimento natural para atrair o peixe predador.
  • Para pescar enquanto estiver parado ou se movendo lentamente, prenda o peixe isca pela parte de trás logo na frente da linha dorsal. Enfie o anzol logo abaixo da espinha para evitar paralisar o peixe. Isso força o peixe a nadar mais descontroladamente e com a cabeça virada para baixo, atraindo a atenção. Você pode ajustar a profundidade colocando-o na frente da linha dorsal; isso faz com que ele nade em um ângulo menos inclinado para baixo.
  • Se estiver fazendo pesca livre (pescar enquanto estiver parado, sem usar bóias ou chumbada), você pode enfiar o anzol perto da cauda para fazê-lo nadar para frente. No entanto, para forçá-lo a nadar para trás, enfie o anzol pela boca saindo pelas guelras.

 

Alguns peixes preferem lagostim, vale a pena tentar.

Peixes que são atraídos por isca de lagostim incluem o robalo de boca pequena, peixe gato e walleye.

  • Enfie de forma rasa o anzol pela parte de trás ou da frente do lagostim, tire-o de novo pelo mesmo lado. Não enfie mais fundo que o necessário para passar por baixo do segmento de concha principal, ou irá matar o lagostim.
  • Opcionalmente, passe o anzol através da cauda carnuda. Ela pode ocultar a maior parte do anzol e não acertará nenhum dos órgãos vitais do lagostim. Comece pelo fim da cauda e empurre o anzol para fora logo antes do corpo.

 

Use camarão (barata do mar) ao pescar em água salgada perto do litoral

Camarões são uma isca comum, barata e que muitas variedade de peixes de litoral comem, incluindo o cantarilho, xaréu e garoupa. Eles têm anatomia similar ao lagostim, mas você pode precisar usar anzóis menores para espécies menores.

  • Passe o anzol de forma rasa através do corpo ou através da carne da cauda.
  • Remova alguns segmentos de casca assim o cheiro de camarão fica mais forte.

 

Outras Dicas
  • Mantenha a vara de pesca segura e solte linha de pesca o bastante para que possa prender facilmente o anzol.
  • Se sua isca continua escapando do seu anzol, troque por um anzol com mais rebarbas ou um mais adequado no tamanho e forma para seus objetivos de pesca.
  • Se não estiver seguro sobre qual tipo de isca usar na sua região, pergunte a alguém na loja de isca.
DEIXE UMA AVALIAÇÃO SOBRE O POST
[Total: 1 Average: 5]

Compartilhe nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *